O Insurgente é doente

Sábado, 23 Dezembro 2006 (13:11)

““…DEVEMOS SABER DIFERENCIAR O ASSASSINATO DE INOCENTES DA ELIMINAÇÃO DE TERRORISTAS (…) ELIMINAR TERRORISTAS NÃO É CRIME, É A SOCIEDADE EXERCENDO O SEU DIREITO DE LEGÍTIMA DEFESA”

Claudio Téllez em http://www.oinsurgente.org, a propósito do período de governação de PINOCHET

O INSURGENTE É DOENTE (RAPa o Insurgente)

Três vivas a Pinochet
Cantam os manos do Insurgente
Lambem o cu ao General
Que era escroque e demente
Allende era terrorista
Dizem os burros do Insurgente
Que exultam com o Augusto fascista
A massacrar people inocente
Pinochet agiu em legítima defesa
Cantam os manos do Insurgente
Que mantêm uma vela acesa
Pelo diabo feito gente

Se vais ao Insurgente
Na merda vais chafurdar
Por isso leva água e sabão
E quilos de detergente

Gente bem demente
É só ir ao Insurgente
Nem no Júlio de Matos
Encontras people tão doente
Em Santiago do Chile
Havia um louco à solta
Era o Pinochet e o seu redil
A trazer o fascismo de volta
O general foi um mal menor
Dizem os manos liberais
Allende era pior
Só num blog de anormais

Se vais ao Insurgente
Na merda vais chafurdar
Por isso leva água e sabão
E quilos de detergente

Anúncios

7 Respostas to “O Insurgente é doente”

  1. Morreu o Salvador do Chile !

    Viva Pinochet, Viva o Comandante Guélas, salvador de Paço de Arcos !

    Bandeira a meia haste durante 5 dias na República Independente do Alto de Paço de Arcos

    Grande Homenagem a Augusto Pinochet Ugarte já publicada !
    A Verdade sobre o Patife do Allende
    En el año 1972 el Pleno Socialista declaraba:

    “El Estado burgués en Chile no sirve para construir el socialismo y es necesaria su destrucción”.
    “Para construir el socialismo de los trabajadores chilenos deben ejercer su dominación política, deben conquistar todo el Poder. Es lo que se llama la dictadura del proletariado”.
    “Para los revolucionarios, la solución no está en esconder o negar el objetivo de la toma del Poder”.
    “Rehuir el enfrentamiento o moderar la lucha de clases constituye un gravísimo error”.
    “Para los socialistas cada pequeño triunfo eleva el nivel del próximo choque. HASTA QUE LLEGUEMOS AL MOMENTO INEVITABLE DE DEFINIR QUIEN SE QUEDA CON EL PODER EN CHILE”.
    «No que diz respeito à sociedade chilena, o descontentamento fez-se presente durante todo o governo de Salvador Allende. Criminosos que participavam de atividades extremistas e que praticavam atos de terrorismo eram indultados pelo Executivo, o que provocou uma situação de profunda insegurança. Jornais e rádios que se opunham ao governo foram ilegalmente fechados. Jornalistas opositores a Allende foram ilegalmente presos. Grupos armados de extremistas de esquerda tinham ampla liberdade de ação, porém o direito de reunião dos cidadãos que não estavam ligados ao regime da Unidade Popular foi reprimido. Inúmeras pessoas foram aprisionadas por razões de índole política e houve flagelações, torturas e execuções sumárias de pessoas que se opunham à via chilena ao socialismo.
    (…)

    ” Yo hubiera querido recibir la Argentina como Aylwin recibió a Chile.”
    Presidente Carlos Menen

  2. Já que supostamente o sr. está me citando, convido-o a fornecer o link de onde eu escrevi exatamente a frase que o sr. colocou entre aspas e atribuiu a mim.

    Por mim, o sr. pode fantasiar à vontade. Porém não invente citações, isso é feio. Tsc, tsc…

    Feliz Natal!

  3. nenuco said

    Peço desculpa, aqui está a frase certa:

    “…DEVEMOS SABER DIFERENCIAR O ASSASSINATO DE INOCENTES DA ELIMINAÇÃO DE TERRORISTAS (…) ELIMINAR TERRORISTAS NÃO É CRIME, É A SOCIEDADE EXERCENDO O SEU DIREITO DE LEGÍTIMA DEFESA”

    http://www.claudiotellez.org

    Obrigado, Pinochet, por nos teres livrado do Mal! Que falta que fazias!

  4. Exato. Essa foi a frase. Onde foi que mencionei Allende nessa frase?

    O que estive dizendo, ao longo de vários textos, é que deve-se CONDENAR, do governo militar, o assassinato de pessoas inocentes, que não estavam envolvidas em atividades de guerrilha e terrorismo, e que foram perseguidas, torturadas e executadas devido somente a suas ideologias. Isso, do governo de Pinochet, eu nunca deixei de condenar.

    Contudo, não morreram somente pessoas inocentes. Os militares chilenos combateram grupos extremistas como o MIR, o MAPU, o FPMR e outros. Já que a sua formação é em História, investigue sobre as atividades desses grupos e chegue às suas próprias conclusões. A minha é que, ao combatê-los, a sociedade exerce seu direito de defesa. Assim como Uribe, na Colômbia, faz o mesmo ao combater as FARC (na medida do possível).

  5. nenuco said

    “A repressão das liberdades nunca é desejável. Allende reprimiu as liberdades. Também houve repressão durante o governo de Pinochet, porém sentia-se reprimido quem tinha algo a esconder ou quem estava envolvido em atividades de extremismo.”

    Eis um belo exemplo de fundir as fronteiras entre a fantasia e a falsificação.

    Aliás, Salazar também só reprimiu quem tinha algo a esconder: que não gostava de Salazar! Hitler também só perseguiu quem tinha algo a esconder: ser judeu ou cigano. Estaline também só perseguiu quem tinha algo a esconder: não ser comunista! Bush também só persegue quem tem algo a esconder: chamar-se Abdul, usar barba e por acaso ir a passar ao pé das Torre Gémeas no dia 11 de Setembro de 2001 – esta data lembra-me qualquer coisa relacionada com a CIA em Santiago do Chile…(aprendi durante a minha formação académica)

  6. Bom dia, Sr. Tellez:

    Tendendo eu a um discurso apolítico, terei de fundar a minha discórdia para consigo nos seguintes módulos:

    “O Sr. Está ME citando” NÃO! Ou usa um hífen (vulgo “tracinho”) ou “citando o meu nome” ou então estamos mal! E nem estou a querer ir para o “de onde eu escrevi exactamente” ou os infinitos gerúndios, mais por centímetro quadrado que o legalmente previsto por lei!

    Agora sim, em relação ao Allende e/ou ao Pinochet:
    O facto de alguém escrever deste modo e ser partidário de pinochetices é tão preocupante como as qualidades musicais do Nuno da Câmara Pereira darem serventia aos monárquicos!

    Passar bem sem olhar a quem, fáxavôr!

  7. nenuco said

    O Sr Tellez (inspirado pelo pluralismo pinochetiano) baniu-me um comentário. Só porque dizia isto:

    OBITUARIO CON HURRAS

    Vamos a festejarlo
    vengan todos
    los inocentes
    los damnificados
    los que gritan de noche
    los que sueñan de dia
    los que sufren el cuerpo
    los que alojan fantasmas
    los que pisan descalzos
    los que blasfeman y arden
    los pobres congelados
    los que quieren a alguien
    los que nunca se olvidan

    vamos a festejarlo
    vengan todos
    el crápula se ha muerto
    se acabó el alma negra
    el ládron
    el cochino
    se acabó para siempre
    hurra

    que vengan todos
    vamos a festejarlo
    a no decir
    la muerte
    siempre lo borra todo
    todo lo purifica
    cualquier día
    la muerte
    no borra nada
    quedan
    siempre las cicatrices

    hurra
    murió el cretino
    vamos a festejarlo
    a no llorar de vicio
    que lloren sus iguales
    y se traguen sus lágrimas
    se acabó el monstruo prócer
    se acabó para siempre

    vamos a festejarlo
    a no ponermos tibios
    a no creer que éste
    es un muerto cualquiera
    vamos a festejarlo
    a no volvernos flojos
    a no olvidar que éste
    es un muerto de mierda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: