Automobilistas de Lisboa, uni-vos!

Segunda-feira, 27 Agosto 2007 (08:14)

cel.jpg

Nunca na minha vida pensei dizer isto. Mas tenho mesmo saudades do Krus Abecassis à frente da câmara de Lisboa. Pronto, e agora que acabei de perder um terço dos meus leitores (os que não vêm à procura das mamas da Patrícia Tavares e sim, continuo a ter simpatias anarquistas) cá vai.

Sim, é verdade, sinto falta de andar de carro em Lisboa. Andar de carro significa prego a fundo na Avenida de Roma, contra-relógio na Avenida de Ceuta, todo-o-terreno no Terreiro do Paço e street racing no Campo Grande. Nesse tempo, havia de tudo: crateras, alcatrão puído, gravilha a imitar alcatrão, cruzamentos sem sinalização e sinalização sem cruzamentos. Problemas de estacionamento? Nem pensar. Havia sempre lugar: em cima do passeio, dentro de um prédio, no interior de uma loja ou pendurado numa árvore.

Agora? Agora é um tormento conduzir na capital. Passadeiras de cinco em cinco metros, radares de vinte em vinte metros, rotundas entre as passadeiras e os radares, lombas entre as passadeiras, os radares e as rotundas. E isto tudo para quê? Para lixar única e exclusivamente a vida aos automobilistas. Não sei se é ou não uma cabala, mas que não acredito em coincidências não acredito.

E a verdade é que nem Jorge Sampaio, nem João Soares, nem Santana Lopes, nem Carmona Rodrigues nem António Costa (eu sei que falta alguém, mas para mim só existiu o Abecassis) nada fizeram pelos automobilistas de Lisboa. Pelo contrário. Fazer fazem, mas é sempre no sentido de retirar regalias e privilégios aos condutores. Agora, chegámos mesmo ao cúmulo de impedir o trânsito aos domingos no Terreiro do Paço. O que é vai ser a seguir? Uma pista de ciclistas no Eixo Norte-Sul? Desfiles de marchas populares ao fim-de-semana na Marechal Gomes da Costa?

Por mim, chega. Se os responsáveis da DGV continuarem de braços cruzados no seu autismo crónico, então, os automobilistas terão de tomar à sua responsabilidade a resolução deste problema. Eles têm as leis. But we got the numbers. E daqui ninguém irá sair vivo. Pelo menos, até que seja possível voltar a fazer o Marquês de Pombal em contra-mão.

Advertisements

13 Respostas to “Automobilistas de Lisboa, uni-vos!”

  1. Um Mais Pobre Mariachi said

    Nenuco… nunca arranjei coragem para falar contigo sobre isto… Mas um dia vai ter de ser!

  2. Espalha Brasas said

    Eu assino a petição. Merda mais os radares e as passadeiras! E a EMEL, e a Polícia e os lugares reservados para deficientes e tudo o resto!

  3. bf said

    A tudo isso, acrescenta a emoção de regressar aos subúrbios às 4h48 da madrugada.

  4. nenuco said

    Ok, a Saloiita é o condutor sueco.

  5. Associação das Famílias Numerosas said

    Nós somos a favor de lugares de estacionamento exclusivos para quem tem mais de seis filhos. As mulheres que decidam não ser mães têm sempre a opção Transportes Públicos.

    Assine a nossa petição em http://www.familiasnumerosas.org

  6. nenuco said

    Diaz, parece que tens de fazer mais cinco filhos.

  7. Espalha Brasas said

    Sou contra as famílias numerosas. Das duas uma: ou são ricos e têm dinheiro para deixar de trabalhar e ficar em casa a cuidar das crianças (ou pagar para quem fique); ou então são muita estúpidos!

  8. Espalha Brasas said

    Se calhar fui um bocado bruta…

  9. bf said

    Os tipos são católicos, por isso sexo só mesmo para procriar. Não são estúpidos, são é tarados.

  10. Associação das Famílias Numerosas said

    Então reavaliemos a coisa… segundo a associação de famílias numerosas, só pode estacionar quem fodeu seis vezes!

    Tenho que convir que quando um gajo lhe dá bué, tende a vulgarizar. Assim, um gajo lembra-se de todos os pormenores: “Ó Bé… lembra-se daquela vez que me deu um beijinho”? “Então não, Dr? Foi quando fizemos o Tomás”!

    Sim, Nenuco… Vou fazer mais cinco mas continuar a usar os TP. Que é para parecer Brasileiro ou das barracas aos olhos dos portugueses, mas estar ao nível de um parisiense ou londrino. Em Belgrado, que é na Sérvia dos ciganões, assim que se vê um carro que não seja um taxi Yugo exclama-se logo: “PF… Country People”!

  11. Bem-vindos à luta. Para seguir a Petição podem ir a http://radares50-80.blogspot.com/
    onde coloquei um link para o vosso blogue

  12. DC said

    Adira ao movimento Lisboa+Viva. Conto consigo!

  13. solange pereira said

    olá !! ;D
    é com muito satisfaçãoque constato que este mundo é feitro de homens rascas , porcos , otarios , chulos , e principalmete machistas..
    o sr que teve a amabilidade de escrever o coment5ario a insultar a conducao das mulheres e um bronco

    vá se FODER

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: