Vozes de burro no SEF

Quinta-feira, 30 Agosto 2007 (13:05)

“Os imigrantes em situação irregular que não conseguiram agendar marcações, para efeitos de legalização, no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), na semana que se seguiu à entrada em vigor da nova lei da imigração, ocorrida no dia 3 de Agosto, já não o podem fazer.”

(Público)

Quem disse que vozes de burro não chegam ao SEF?

Anúncios

5 Respostas to “Vozes de burro no SEF”

  1. Espalha Brasas said

    Deveria estar escrito assim: “não conseguiram agendar marcações porque os telefones estavam, por acaso (ou não), fora do descanso, ou porque os funcionários não atenderam propositadamente, depois de terem recebido ameaças de morte por envenenamento de caril da próxima vez que fossem a um restaurante indiano.”

  2. nenuco said

    O sr Man, o nepalês de Alcântara, não faz isso

    De qualquer modo, se vires os “Lisboetas”, estão lá algumas das razões pelas quais os telefones do SEF não tocam

  3. Espalha Brasas said

    Já vi. Até fui contigo, com a Sof, o Dias e a minha amiga Ritinha.

  4. Espalha Brasas said

    Queimadinhos!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: