MuuuuuuGaBe

Quarta-feira, 25 Junho 2008 (15:29)

Se o Mugabe fosse treinador do SCP era esta a musica que se ouvia.

MUGABE CABRÃO PEDE A DEMISSÃO

Anúncios

O prozac de Sócrates

Segunda-feira, 9 Junho 2008 (21:40)

Um puto de dez anos, de rojos pelo chão, arrasta-se sem uma perna a pedinchar umas moedas. A poucos metros, uma velha de pés para a cova aguarda pela próxima esmola. Talvez a última esmola. Para a multidão que passa em tropel, o puto e a velha são absolutamente invisíveis. Já estão fora de jogo. A multidão não. Acredita que está a jogar ao lado do Ronaldo e do Nani e acelera o passo para fintar o puto e a velha. E driblam e fintam como ninguém, deixando para trás o puto, a velha e todo e qualquer marginalizado que se lhes atravesse à frente. Os transeuntes correm como o Simão para chegar a horas ao ecrã gigante que a Câmara Municipal mandou instalar. A poucos metros da velha e do puto. Os olhos vibram, as gargantas esganiçam-se, há sorrisos e mãos na cabeça. Há transes colectivos a fazer lembrar as massas de Munique, ébrias pelas palavras inflamadas de Hitler. O Fuhrer tinha o dom da oratória. Sócrates tem Scolari. Nas democracias, a hipnose colectiva está obrigada a recorrer a técnicas mais refinadas. É preciso contratar técnicos de marketing para manter a hipnose colectiva. Scolari serviu que nem uma luva. Pelo menos, enquanto a selecção se mantiver em prova, o consumo de anti-depressivos deve baixar pela primeira vez nos últimos dez anos. O que já não é mau. A não ser para os farmacêuticos.    

A vida é um milagre

Quinta-feira, 5 Junho 2008 (09:30)

A vida é um milagre. Oiço isto dezenas de vezes, de amigos, conhecidos e estranhos. Talvez por intuirem as minhas pulsões depressivas e, bem intencionados, os interlocutores lá tentam diluir os meus instintos neuróticos fazendo apelo para a magia da vida. E eu faço-lhes a vontade e ponho-me a meditar, então, no milagre da vida. A matemática perfeita da lei da gravidade, a geometria milimétrica do movimento dos corpos celestes, a engenhosa maquinação do código genético…Só que, em meia dúzia de segundos, o milagre evapora-se da vida na imagem de um indiano andrajoso a defecar numa rua suja de Nova Deli ou de um puto etíope de barriga inchada e estômago vazio. Contudo, por vezes, é a própria vida que me troca as voltas, mostrando-me que, afinal, os milagres existem mesmo. E eu que sou como São Tomé, só fico convencido quando vejo com os meus próprios olhos. E agora que vi que o FCP vai mesmo ficar de fora das competições europeias, tive de dar a mão à palmatória. Afinal, a vida é mesmo um milagre.